Um dia cheio de emoção, propostas e falas marcantes abre o primeiro dia do 4º Encontro Nacional dos projetos apoiados pelo Fundo Positivo

                Hoje foi um dia lindo e intenso de trabalho afinal, abrir o 4º Encontro Nacional dos projetos apoiados pelo Fundo positivo é gratificante e desafiador. Temos Organizações de Base da Sociedade Civil de todo o país conosco do movimento de HIV e outros como as redes do Fundo LGBTQIA+, onde ao todo tivemos mais de 100 participantes. Esse evento já é uma prática e vem acontecendo em anos anteriores, ora presencialmente como ocorrido em Brasília e Salvador, ora na modalidade on-line tendo referência a cidade de Belém, e especialmente neste 4º encontro tendo como referência a cidade de Porto Alegre.

                Pela manhã tivemos a fala de abertura de Harley Henriques, coordenador do Fundo Positivo, e logo depois os financiadores puderam compor uma mesa e fazer alguns apontamentos sobre a atuação do Fundo Positivo, evidenciando a importância do mesmo como uma resposta a crise e pandemia pela qual estamos vivendo. Salientaram ainda que além da resposta, o Fundo garante a qualidade de vida a populações diversificadas buscando não só desburocratizar o acesso a recursos, mas também a garantia de direitos básicos. Nas palavras de Dra. Fabiane :“Essa rede maravilhosa que você [Fundo Positivo] criou que ela se estende de ponta a ponta e estende a mão para quem está em uma posição de vulnerabilidade. Parabéns.”

                Houve um espaço de fala para as/os/es coordenadoras/res dos projetos apoiados e os apontamentos foram na mesma direção que a dos financiadores: a de que o fundo emergencial não só permitiu a continuidade das ações na pandemia como, para muitos projetos, garantiu inclusive o funcionamento, manutenção e sobrevivência da organização. Beto Alves da Cordel da Vida (PB) ressalta: “Pra gente nesse momento da pandemia foi muito complicado, pois pagar o aluguel, a internet foi muito difícil, queríamos agradecer a sensibilidade de vocês trazerem o fundo e ajudar a manter a organizações, porque se não fosse isso não poderíamos termos nos mantido.”

                No período da tarde tivemos as conferências satélites com os temas “Protocolos do Tratamento de HIV no Brasil: Avanço ou Retrocesso?” e “A importância da vacinação para pessoas que vivem com HIV”.

As atrações artísticas foram inspiradoras e tivemos a performance de Saletti Campari e a canção trazida por Erick Barbi. Ambos nos colocaram a refletir sobre o futuro, resiliência e o “esperançar”. Esperançar aqui pensamos como Paulo Freire, que não é o “esperançar” demandando uma espera, mas sim o esperançar de ir atrás, de construir, de não desistir, de agir! Estamos “esperançando” a partir da construção de redes a partir dos projetos apoiados

Amanhã, dia 06 de outubro, o evento continua com uma aula sobre um tema pertinente e atual que é o Advocacy e influência em políticas públicas onde teremos professores instrumentalizados no assunto compartilhando seus saberes conosco. Esperamos todes!


____________________

CLIQUE AQUI,

APOIE E FAÇA SUA COLABORAÇÃO

Contato

Nome:

E-mail:

Mensagem:


Investidores:

fundopositivo.org.br - all rights reserved ® 2021