Nota de repúdio pelo crime de transfobia sofrido por Déborah na Câmara Municipal de Vitória.


Nós do Fundo Positivo vimos por meio desta postagem, manifestar apoio e solidariedade a ilustre ativista de direitos humanos Deborah Sabará, coordenadora do Grupo Orgulho, Liberdade e Dignidade, a GOLD, e que atua desde 2005 na defesa dos direitos humanos.
Deborah sofreu crime de transfobia na Câmara Municipal de Vitória, no dia 05 abril de 2022. A ativista e coordenadora foi indicada para uma monção de aplausos pelo Dia Internacional da Mulher, porém, não apenas por isso, mas também pelo grande trabalho frente as questões de Direitos Humanos e direitos da população LGBTQIA+ no Brasil.
Um vereador do Partido Liberal se manifestou contra a monção usando como referência a questão religiosa de “Deus e a Bíblia” e com isso utilizou-se de palavras e frases de cunho transfóbico, caindo no discurso já usual da bancada conservadora e evangélica que é um discurso genitalista e fundamentalista religioso. Queremos ressaltar que transfobia é crime tipificado desde 2019 e que tudo que foi proferido são ataques transfóbicos a pessoa de Deborah, o que é inaceitável e um crime.
Discorrendo ainda sobre o trabalho da Deborah, ela é uma importante Parceira do Fundo Positivo, onde vem desenvolvendo importantes ações através de projetos. Um em específico, que está sendo desenvolvido agora, envolve a questão de redução de danos de uso de psicotrópicos para pessoas LGBTQIA+ em privação de liberdade num complexo penitenciário da região de Vitória, um trabalho sensível e necessário. Ela também foi homenageada pela ONU por ser a primeira porta bandeira do estado do Espírito Santo, e é uma grande referência na questão da luta e defesa dos direitos da população LGBTQIA+.
Só gostaríamos ressaltar que pessoas trans existem e que o discurso genitalista já foi superado. Ninguém nasce, torna-se, sendo fruto das interações e construções biopsicossociais. Identidade de gênero nunca foi medido pelo que se tem o que não se tem, mas sim pela construção histórica e de vida da pessoa. Para Déborah todos os aplausos pela coragem e maestria em tornar a nossa sociedade mais justa para aqueles que foram excluídos por ela. Não pare de lutar! Total solidariedade a você!


____________________

CLIQUE AQUI,

APOIE E FAÇA SUA COLABORAÇÃO

Contato

Nome:

E-mail:

Mensagem:


Investidores:

fundopositivo.org.br - all rights reserved ® 2022