Pausas em testes de vacinas

Apesar de ter causado certa apreensão, a suspensão dos testes com vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford é avaliada por especialistas e pela OMS como um sinal de cumprimento dos padrões científicos. De acordo com estudiosos, isso pode ocorrer em qualquer estudo clínico e no desenvolvimento de qualquer vacina. Durante os testes, é feito um monitoramento rigoroso da saúde das pessoas que estão participando e qualquer questão deve ser relatada como efeito adverso. Durante o período de observação da vacina, a situação é avaliada pela equipe e por auditores externos para garantir que não haja problemas.

“Quando se faz um estudo clínico sobre um medicamento ou uma vacina, existe a vigilância dos efeitos adversos. Quando eles acontecem até 42 dias depois, todos têm de ser registrados. Pode ser relacionado à substância e pode não ter nada a ver. Com outras vacinas, tem gente, por exemplo, que morre atropelada. E tudo isso tem de ser reportado, é praxis”, observa Mônica Levi, diretora da Sociedade Brasileira de Imunizações (Sbim).


____________________

CLIQUE AQUI,

APOIE E FAÇA SUA COLABORAÇÃO

Contato

Nome:

E-mail:

Mensagem:


Investidores:

fundopositivo.org.br - all rights reserved ® 2020