Novos testes

Uma análise feita pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) mostrou que os novos testes rápidos para detecção de antígenos do coronavírus identificam proteínas do próprio Sars-CoV-2 em minutos e são uma alternativa ao RT-PCR, que é mais demorado e também mais custoso.

Os testes começaram a chegar ao Brasil e alguns já estão aprovados pela Anvisa. Os resultados são apresentados em cerca de 15 minutos e oferecem 90% de sensibilidade para detectar positivos e 100% para negativos, se comparados ao RT-PCR, segundo pesquisadores da UFRJ. Isso significa que para identificar negativos eles são tão bons quanto o PCR.

Segundo Amílcar Tanuri, coordenador do Laboratório de Virologia Molecular da UFRJ, esse resultado é animador: “Eles fazem diferença porque são realmente rápidos e têm baixo custo, podem ser usados em massa.”


____________________

CLIQUE AQUI,

APOIE E FAÇA SUA COLABORAÇÃO

Contato

Nome:

E-mail:

Mensagem:


Investidores:

fundopositivo.org.br - all rights reserved ® 2020